Artigos

 A trajetória do apóstolo Pedro


   

Inicio da história, um homem comum,

O apóstolo Pedro a pisar este chão

Nascido em Betsaida, ou Cafarnaum.

Teve a pescaria como profissão

Aqui ele viveu até sessenta e um

Ou sessenta e oito, data em discussão.

Irmão de André, seu pai era Jonas.

Também conhecido por Simão Barjonas

Mas Cristo o chamava; “filho de João”.

 

 

Em sua trajetória na humanidade

Não foi o pior e nem o mais perfeito

Pra honra e gloria as suas qualidades

Mas reconhecia também seus defeitos

Ele era bastante temperamental

Queria que tudo fosse do seu jeito

Mas se destacava entre os seus

Sempre fervoroso e temente a Deus

A chama da fé ardia no peito.

 

 

Mar da Galiléia no barco estavam

Passaram o dia inteiro pescando

Jogavam a rede e nada pescavam

Avistam alguém que vai se aproximando

André e Jesus se cumprimentavam

Logo a Simão Pedro foi apresentando.

No meio da noite, cansado e com fome.

“farei de vocês pescadores de homem”

Falava Jesus para os dois acalmando.

 

 

 

 

Foi a primeira vez que o Mestre apareceu

Para Simão Pedro, mas já o conhecia,

Naquele momento Simão não entendeu

O estranho convite que o Mestre fazia.

Mesmo não entendendo ele obedeceu

Foi deixando o barco e a pescaria,

Sandálias nos pés e pé na estrada

Seu remo era outro naquela jornada;

Era o dom da Palavra e a fé que trazia.

 

 

E assim que se torna um a outro conhecido

Grande compromisso inicia bem cedo

Parece que Cristo já vem decidido

Quando a Simão Pedro apontou a dedo

Entre os discípulos já escolhidos

Era o mais decidido, não tinha segredo.

Afirmando três vezes que a Cristo o amava

Logo ao mesmo Cristo três vezes negava,

Na hora da angustia também sentiu medo.


Fonte: Lenir de Andrade
Postado em: 29/12/2014 às 11:54:27



Pesquisar no Site


  • Newsletter

  • Paróquia São Pedro e São Paulo - Diocese de Ponta Grossa - Telêmaco Borba - Paraná
    Sociedade Beneficiente São Pedro - Fone: (42)3272 8557 / (42) 3272 8930 - pascom@pspsp.com.br
    Está obra de evangelização não possui fins lucrativos e é custeada através do dinheiro do dízimo
    Desenvolvido por Rinaldo M. Heil