Artigos

 Misericordiosos como o Pai


   

Violência gera violência. Como enfrentar tanto desrespeito pela vida hoje? No atentado de Paris no dia 13 morreram 122 pessoas e foram feridas 350. Todo o mundo se revoltou. No Brasil, cada dia são assassinadas em média de 148 pessoas e não ficamos alarmados. Por isso a pergunta: como reverter esse desrespeito à vida?

 

Deus é o Deus da vida. A morte é obra do Inimigo. Quem crê em Deus, respeita a obra de Deus, defende a vida. Destruir a vida é pecar contra Deus, é tornar-se servidor de Demônio. Quando se perde a fé em Deus, se perde a consciência do valor da vida, não se olha mais a vida na luz de Deus. Se não é visto na luz de Deus o outro perde o valor ou é inimigo.

 

A destruição da vida é sinal de ateísmo, de perda da fé em Deus. A cura e proteção da vida acontecerão na medida de nossa volta para Deus. Por isso o Papa Francisco instituiu o Jubileu da Misericórdia, para nos ajudar a entender o grande amor de Deus em favor da vida.

 

O Jubileu começa no dia 08 de dezembro e vai até 20 de novembro de 2016. É Deus nos oferecendo o caminho da vida. Como filhos de Deus,queremos ser misericordiosos como o Pai, para sermos defensores da vida.


Fonte: Pe. Sílvio Mocelin
Postado em: 14/02/2016 às 17:08:17



Pesquisar no Site


  • Newsletter

  • Paróquia São Pedro e São Paulo - Diocese de Ponta Grossa - Telêmaco Borba - Paraná
    Sociedade Beneficiente São Pedro - Fone: (42)3272 8557 / (42) 3272 8930 - pascom@pspsp.com.br
    Está obra de evangelização não possui fins lucrativos e é custeada através do dinheiro do dízimo
    Desenvolvido por Rinaldo M. Heil