Artigos

 Ciladas do Livre Exame da Bíblia por Pe. Sílvio Mocelin


   Alguém me perguntou por que os pastores evangélicos falam tanto do demônio em suas pregações.

É fácil entender. Culpando o demônio por todo o mal que nos acontece, os pastores transferem para ele as próprias irresponsabilidades. Atribuindo todos os males ao demônio dão a impressão de que o demônio dirige o mundo como dono. Isto é negar a Providência de Deus. Isto é contra o Evangelho.

Se o demônio é o autor das doenças e outros males, as pessoas ficam dependentes dele. Nesta altura o pastor se apresenta como se tivesse recebido poder de libertá-los do demônio. Ao atribuir-se tal poder de libertar os fiéis dos poderes de demônio, o pastor se auto promove e torna os fiéis dependentes dele.

Qual o objetivo maior desta suposta promoção? Ao se julgar detentor de tal poder, para libertar os fiéis do demônio, o pastor tem autoridade para poder exigir os dez por cento e até mais. É cilada bem montada para se promover e explorar os fiéis.

Como surgiu o Protestantismo?
O protestantismo foi fundado no século XVI por Martinho Lutero. Lutero, um frade agostiniano, discordou do Papa e desobedeceu. Na igreja de Lutero não há lugar para nenhuma autoridade. Lutero só reconhece a autoridade da Bíblia (“Sola Scriptura”) livremente interpretada (“Livre exame”). Lutero,porém, esqueceu-se de que não só o Espírito Santo inspira, mas também o demônio, que se atreveu a querer afastar o próprio Jesus, com falsas interpretações da Palavra. Veja Mt, 4,3-11.

O pecado é desobediência a Deus. Isso fizeram Adão e Eva. Jesus nos salvou pela sua obediência ao Pai até a morte e morte de Cruz. (Fp.2,8).

Os protestantes não são coerentes com seus princípios, pois se a bíblia é a única autoridade e cada protestante a interpreta “diretamente inspirado pelo Espírito Santo”, não entendo a função dos pastores, por que querem exercer um magistério e ensinar outras pessoas?

Na realidade Lutero fundou uma outra igreja. Quem pretende fundar uma outra igreja, está dizendo que, a Igreja fundada por Jesus está errada e Jesus mentiu, ao dizer que “as portas do inferno nunca prevalecerão contra ela” (Mt.16,18). Se Jesus mentiu, ele não é Deus, o Evangelho é falso. Portanto, para não continuar ensinando um Jesus mentiroso e um evangelho falso, os protestantes não deveriam mais falar nem de Jesus nem do Evangelho. Deveriam inventar algo como Maomé, Buda, ou...

Depois, ninguém tem autoridade para fundar uma igreja, uma religião. Quem deu esse poder a Lutero, a Edir Macedo, a Davi Miranda ou a outros charlatães? Ninguém. Sem mandato divino comprovado, pretender fundar uma nova igreja é explorar a ignorância religiosa do povinho simples para faturar economicamente.

Jesus fundou uma só Igreja e quer que haja um só rebanho e um só pastor. A Igreja verdadeira, por vontade de Jesus, explícita nos evangelhos, tem ligação com Pedro e seus sucessores. A Igreja católica é a única igreja que tem Pedro e vem desde o início, como Jesus quis a sua Igreja.

Autor: Pe. Sílvio Mocelin


Fonte: Pe. Sílvio Mocelin
Postado em: 30/07/2009 às 13:50:31



Pesquisar no Site


  • Newsletter

  • Paróquia São Pedro e São Paulo - Diocese de Ponta Grossa - Telêmaco Borba - Paraná
    Sociedade Beneficiente São Pedro - Fone: (42)3272 8557 / (42) 3272 8930 - pascom@pspsp.com.br
    Está obra de evangelização não possui fins lucrativos e é custeada através do dinheiro do dízimo
    Desenvolvido por Rinaldo M. Heil