As Vestes e Paramentos Litúrgicos


   Na Igreja, que é o corpo de Cristo, nem todos os membros desempenham a mesma função. Esta diversidade de ministérios se manifesta exteriormente no exercício do culto sagrado pela diversidade das vestes litúrgicas, que por isso devem ser um sinal da função de cada ministro. Convém que as vestes litúrgicas contribuam para a beleza da ação sagrada.



Casula: É o traje usado pelo sacerdote durante as ações sagradas, usada geralmente nas Missas, Domingos, solenidades e festas. É usada sobre a túnica e a estola. A Vestimenta envolve toda a pessoa e quer dizer casa pequena, simboliza a caridade e a paz que deve envolver quem se aproxima do altar.
Tunica: Geralmente de cor branca, é o manto longo que cobre o corpo todo, lembrando a túnica de Jesus, sem costura de alto a baixo. Em geral é branca. Muitos usam apenas a túnica porque ela tem o mesmo significado da casula.
Amito: É um pano branco que envolve o pescoço do celebrante. Veste antes da túnica ou da alva.
Estola: É colocada pelo diácono no ombro esquerdo, como faixa transversal e pendente sobre os ombros pelo presbíteros e bispos. Caracteriza os ministros ordenados. São de cores variadas, para serem usadas conforme a celebração.
Opa: Roupa usada pelos ministros extraordinários da eucaristia.
Cíngulo: É um cordão que prende a alva (veste semelhante á túnica. Usa-se uma ou outra) ou a túnica à altura da cintura.
Capa ou Pluvial: Capa longa que o sacerdote usa ao dar a bênção do Santíssimo ou ao conduzi-lo nas procissões, e ao aspergir a assembléia.
Dalmática: Veste própria do diácono. É colocada sobre a alva (túnica) e a estola.
Palium: Cobertura com franja, apoiada em quatro varas, que cobre o ministro que leva o ostensório com a hóstia consagrada.
Sobrepeliz: Veste branca, com rendas ou sem elas, usada pelo sacerdote, sobre a batina, nas celebrações (pouco usada).
Véu Umeral ou Véu de Ombros: Manto retangular que o sacerdote utiliza sobre os ombros para dar a bênção do Santíssimo Sacramento.
Batina: Durante muito tempo foi a roupa oficial dos sacerdotes.
Veste de Coroinha: Veste utilizadas pelos coroinhas nas Celebrações Eucarísticas.
Mitra: Uma espécie de chapéu alto com duas pon­tas na parte superior e duas tiras da mesma tela que caem sobre os ombros.
Solidéu: Um pequeno barrete em forma de calota, usada pelos bispos sobre a cabeça,usado embaixo da mitra, na celebração geralmente o bispo usa o solidéu em algumas partes que ele usa a mitra sobre ele.
Aneu: Simboliza a união do bispo com os fieis de sua diocese e, de maneira mais abrangente, a união do bispo com toda a igreja.
Cruz Peitoral: Cruz que os bispos levam sobre o peito.
Báculo: Bastão episcopal; Cajado que o bispo utiliza para as celebrações. Simboliza que o bispo é pastor.

Pesquisar no Site


  • Newsletter

  • Paróquia São Pedro e São Paulo - Diocese de Ponta Grossa - Telêmaco Borba - Paraná
    Sociedade Beneficiente São Pedro - Fone: (42)3272 8557 / (42) 3272 8930 - pascom@pspsp.com.br
    Está obra de evangelização não possui fins lucrativos e é custeada através do dinheiro do dízimo
    Desenvolvido por Rinaldo M. Heil